Crianças exigem cuidados especiais no Verão

O calor se intensificou nos últimos dias e promete continuar por muitas semanas. Quem mais sofre com ele são as crianças, portanto procure tomar cuidados extras com os pequenos neste período para evitar hospitais por conta da proliferação de doenças comuns no Verão.

Nesta época do ano, são corriqueiros os casos de diarreia, dor de cabeça, dor no corpo, vômito e mal-estar em geral, causados normalmente por intoxicação alimentar, desidratação, dengue e até hepatite A.

Para evitar o sofrimento dos pequenos e dos pais, siga algumas recomendações importantes e lembre-se: qualquer sinal de problema acione um pediatra! A Anjos do Lar dispõe dessa especialidade no quadro clínico. Basta agendar com nossa secretária no 3263-0469. Agora fique com nossas dicas e curta o Verão em família com segurança:

  • Micoses se proliferam em locais quentes e úmidos. Para prevenir, opte por chinelos e sandálias, principalmente em vestiários de parques aquáticos;
  • Na praia, opte por locais que tragam a bandeira de ‘própria para banho’;
  • A roupa deve ser apropriada nesta época. Quanto mais clara a cor, mais luz ela reflete e mais fresca se torna. Tecidos leves também são fundamentais;
  • As crianças sofrem mais com picadas de insetos, por isso use repelente em locais e horários propensos a pernilongos e outros insetos. Refil com veneno para dormir também é importante;
  • Evite expor excessivamente as crianças ao sol, principalmente no período entre 10h e 16h;
  • Aplique protetor solar nos pequenos pelo menos 15 minutos antes da exposição ao sol, repetindo a aplicação a cada duas horas;
  • Tomar cerca de dois litros de água por dia é fundamental;
  • Evite dar banhos longos com água muito quente;
  • Passar hidratante no corpo deles diariamente com a pele um pouco úmida é ótimo;
  • Dê preferência a alimentos leves, como frutas e saladas, e evite alimentos e carnes cruas, especialmente peixe. Dê uma pausa nos salgadinhos e não exagere no sorvete!
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *