Você dorme bem ou ‘acha’ que dorme? Descubra!

Você sabia que uma noite mal dormida precisa de outras três para recuperar? E não existe recuperação total, o saldo fica sempre negativo e os resultados disso para a saúde são inúmeros. O alerta é do diretor técnico da Anjos do Lar, dr. Carton Murilo Lopes.

O médico fez uma participação especial nesta terça (30) no jornal A Voz do Povo, da Rádio Conexão FM, onde frisou que não dá para negociar com o corpo. “Necessidade fisiológica você não segura, nem adianta fazer fiado com a saúde”, avisou, ressaltando que o corpo cobra a conta pela falta de sono.

De acordo com o médico, dormir mal virou rotina para os brasileiros, mas isso acontece por falta de informação. Todo mundo fala de insônia, mas um dos prejuízos da falta de sono que muitos desconhecem é a relação com a obesidade. Sim, dormir mal engorda!

O dr. Carton explica que há uma troca de boa parte dos nossos hormônios durante o sono. Se o sono é inadequado, essa troca não existe, o que prejudica muitos aspectos da saúde, incluindo a capacidade de emagrecer normalmente. Também costumamos comer mais quando não estamos dormindo, inclua-se aí café, doces e energéticos. Aliás, o médico lembra que a má alimentação também interfere na qualidade do sono. Comer em excesso, muito produto industrializado ou tarde da noite é extremamente ruim.

Então vamos entender de uma vez por todas o que devemos e o que não devemos fazer para ter qualidade de vida e de sono? Vamos lá!

Como eu sei que estou com problemas de sono?

  • Acorda cansado ou passa o dia cansado;
  • Sua em excesso enquanto dorme;
  • Tem apneia – não respira por alguns momentos enquanto dorme;
  • Ronca muito e baba em excesso;
  • Tem dificuldade para perder peso;
  • Não tem muito sono, dorme pouco (menos de 8h) sem necessidade;
  • Perdeu a libido;
  • Tem mau humor e irritabilidade constantes;
  • Está com dificuldade no aprendizado;
  • Está com dificuldade para se concentrar;
  • Tem baixa capacidade de memorização;
  • Dorme pesado na primeira hora e tem sono leve depois.

Dicas para melhorar a qualidade do meu sono:

  • Durma 8h, todos os dias;
  • Mantenha o quarto escuro;
  • Não ligue a TV;
  • Não use celular;
  • Tem insônia? Use técnicas de relaxamento. Barulho de chuva desvia a atenção, é um caminho para estimular o sono e a produção de melatonina (hormônio do sono produzido à noite);
  • Alimente-se bem (leve e mais cedo);
  • Controle a ansiedade;
  • Não trabalhe à noite, se não precisa;
  • Tenha um bom colchão;
  • Durma preferencialmente de lado (de barriga pra cima nem sempre é bom, principalmente para quem está acima do peso);
  • Use um travesseiro que ocupe o espaço entre o pescoço e o ombro.

Mitos:

  • Gravidez por si só não afeta o sono negativamente. Se você está grávida e dorme mal, verifique se está dormindo na posição correta, se tem um colchão e travesseiro adequados e se está tudo certo com o pré-natal;
  • Dieta sem carboidrato não afeta o sono se for resultado de um processo orientado por algum profissional;
  • Sonambulismo não é brincadeira, é doença! Trata-se de uma alteração patológica que deve ser avaliada e tratada;
  • Remédio para dormir pode, sim, ajudar na qualidade do sono, mas só deve ser usado com orientação médica.

Recomendações gerais para ter bom sono e ótima saúde:

1 – Calcule quantas horas de sono tem. Despertou de madrugada? Contabilize! Você precisa de 8h;

2 – Tente ter alimentação mais adequada. Descasque mais e desembrulhe menos. Consuma menos cafeína e industrializados. Invista em alimentos mais naturais, sem manipulação humana. Exemplo: chupe uma laranja, mas não tome suco de caixa;

3 – Faça 150 minutos de atividade física por semana. Meia hora por dia de caminhada está ótimo!

4 – Observe se sua respiração está boa, se acorda suado ou com muita sede. Desvio de septo e problema hormonal prejudicam o sono;

5 – Verifique se sua mordida é adequada, se tem dentição perfeita e mastigação correta. Dentes ruins podem afetar o sono e a saúde;

6 – Mantenha suas consultas de rotina em dia. Para todo problema de saúde há uma solução, procure um médico a qualquer sinal de problema;

7 – Dormir mal pode desencadear o Distúrbio do Sono. Neste caso, existem exames específicos que podem diagnosticar a doença. Como a polissonografia, exame que registra as ondas cerebrais, o nível de oxigênio no sangue, frequência cardíaca e respiratória, assim como os movimentos dos olhos e nas pernas durante o estudo. Consulte um médico e verifique se precisa deste exame ou basta promover uma mudança de hábitos.

Mande sugestões e nos acompanhe!

Mande suas perguntas ou sugestões de pauta para nós pelo email assessoria@anjosdolar.com.br ou pelo whatsapp 99758-0385 ! Podemos incluir sua dúvida em uma próxima participação no jornal A Voz do Povo. O programa vai ao ar todos os dias, das 7h às 9h, sob o comando da dupla PC e Peeter Lee Grando. A Anjos do Lar faz uma participação especial para falar sobre saúde nas terças-feiras, às 8h. Acompanhe a gente e participe!

Confira a entrevista na íntegra neste link

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *