Doenças Cardiovasculares

 

Alguns Fatos Importantes:

  • As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo: mais pessoas morrem anualmente por essas enfermidades do que por qualquer outra causa.
  • Estima-se que 17,7 milhões de pessoas morreram por doenças cardiovasculares em 2015, representando 31% de todas as mortes em nível global. Desses óbitos, estima-se que 7,4 milhões ocorrem devido às doenças cardiovasculares e 6,7 milhões devido a acidentes vasculares cerebrais (AVCs).
  • Mais de três quartos das mortes por doenças cardiovasculares ocorrem em países de baixa e média renda.
  • Das 17 milhões de mortes prematuras (pessoas com menos de 70 anos) por doenças crônicas não transmissíveis, 82% acontecem em países de baixa e média renda e 37% são causadas por doenças cardiovasculares.
  • A maioria das doenças cardiovasculares pode ser prevenida por meio da abordagem de fatores comportamentais de risco – como o uso de tabaco, dietas não saudáveis e obesidade, falta de atividade física e uso nocivo do álcool –, utilizando estratégias para a população em geral.
  • Para as pessoas com doenças cardiovasculares ou com alto risco cardiovascular (devido à presença de um ou mais fatores de risco como hipertensão, diabetes, hiperlipidemia ou doença já estabelecida) é fundamental o diagnóstico e tratamento precoce, por meio de serviços de aconselhamento ou manejo adequado de medicamentos.

 

O que são as doenças cardiovasculares? 

As doenças cardiovasculares são um grupo de doenças do coração e dos vasos sanguíneos e incluem:

  • Doença coronariana – doença dos vasos sanguíneos que irrigam o músculo cardíaco.
  • Doença cerebrovascular – doença dos vasos sanguíneos que irrigam o cérebro.
  • Doença arterial periférica – doença dos vasos sanguíneos que irrigam os membros superiores e inferiores.
  • Doença cardíaca reumática – danos no músculo do coração e válvulas cardíacas devido à febre reumática, causada por bactérias estreptocócicas.
  • Cardiopatia congênita – malformações na estrutura do coração existentes desde o momento do nascimento.
  • Trombose venosa profunda e embolia pulmonar – coágulos sanguíneos nas veias das pernas, que podem se desalojar e se mover para o coração e pulmões.

Ataques cardíacos e acidentes vasculares cerebrais geralmente são eventos agudos causados principalmente por um bloqueio que impede que o sangue flua para o coração ou para o cérebro.

A razão mais comum para isso é o acúmulo de  de gordura nas paredes internas dos vasos sanguíneos, que irrigam o coração ou o cérebro.

Os acidentes vasculares cerebrais também podem ser causados por uma hemorragia em vasos sanguíneos do cérebro ou a partir de coágulos de sangue.

A causa de ataques cardíacos e AVCs geralmente são uma combinação de fatores de risco;

 

Fatores de risco comportamentais:

  • Dietas inadequadas
  • Sedentarismo
  • Uso de tabaco
  • Uso nocivo do álcool

 

Os efeitos dos fatores comportamentais de risco podem se manifestar em indivíduos por meio de pressão arterial elevada, glicemia alta, hiperlipidemia, sobrepeso e obesidade.

A cessação do tabagismo, redução do sal na dieta, consumo de frutas e vegetais, atividades físicas regulares e evitar o uso nocivo do álcool têm se mostrado eficazes para reduzir o risco de doenças cardiovasculares.

 

Benefícios do exercício físico para quem tem doença cardiovascular

  • Reduz a tensão arterial e o colesterol;
  • Melhora a capacidade de absorver e utilizar o oxigênio.
  • Aumenta os níveis de energia e diminui o cansaço.
  • Melhora a qualidade do sono.
  • Pode reduzir os sintomas de insuficiência cardíaca congestiva.
  • Ajuda a pessoa a atingir e/ou manter um peso saudável.
  • Ajuda a controlar o estresse.

Alguns alimentos que auxiliam na saúde vascular

  • Acerola, laranja, goiaba, amora e morango ( Vitamina C)
  • Cebola roxa e mirtilo( Quercetina)
  • Peixes de água fria e azeite de linhaça (Ômega 3)
  • Suco de uva integral (Antioxidantes)
  • Alimentos sem glúten
  • Abacaxi (Bromelaína)
  • Amendoim (Vitamina B3)
  • Gérmen de trigo (Vitamina B1)
  • Pimenta Cayenna (estimula a circulação)
  • Alho (Aumenta a fluidez sanguínea)
  • Vinagre de Maçã (Aumenta a fluidez sanguínea)
  • Chá verde (Diminui o inchaço)

E Muita Aguá!

 

Quais são os principais sintomas das doenças cardiovasculares?

Muitas vezes não há sintomas da doença dos vasos sanguíneos. Um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral pode ser o primeiro aviso da doença. Os sintomas do ataque cardíaco incluem:

  • Dor ou desconforto no centro do peito;
  • Dor ou desconforto nos braços, ombro esquerdo, cotovelos, mandíbula ou costas.

Além disso, a pessoa pode ter dificuldade em respirar ou falta de ar; sensação de enjoo ou vômito; sensação de desmaio ou tontura; suor frio; e palidez. Mulheres são mais propensas a apresentar falta de ar, náuseas, vômitos e dores nas costas ou mandíbula.

 

O sintoma mais comum de um acidente vascular cerebral (AVC) é uma súbita fraqueza da face e dos membros superiores e inferiores, mais frequentes em um lado do corpo. Entre os sintomas, estão:

  • Dormência na face, braços ou pernas, especialmente em um lado do corpo;
  • Confusão, dificuldade para falar ou para entender;
  • Dificuldade para enxergar com um ou ambos os olhos;
  • Dificuldade para andar, tontura, perda de equilíbrio ou coordenação;
  • Dor de cabeça intensa sem causa aparente; e
  • Desmaio ou inconsciência.

As pessoas que apresentarem tais sintomas devem procurar imediatamente assistência médica.

 

O que o governo faz para reduzir as doenças cardiovasculares?

  • Políticas abrangentes para controle do tabaco.
  • Impostos para reduzir a ingestão de alimentos ricos em gorduras, açúcares e sal.
  • Construção de vias para caminhada e ciclismo, com o objetivo de aumentar a prática de atividades físicas.
  • Estratégias para reduzir o uso nocivo do álcool.
  • Fornecimento de refeições saudáveis para crianças no ambiente escolar.

 

“O maior erro que um homem pode cometer é sacrificar a sua saúde a qualquer outra vantagem.”

-Arthur Schopenhauer

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *